Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \10\UTC 2011

Velhos tempos

Eu sempre cresci escutando os velhos falarem de como seu tempo era melhor, mais fácil e simples e acreditei fielmente que quando eu me tornasse mais velha isso não ia acontecer comigo, mas com a explosão de Justin Bieber, Restart, Cine, entre outros sou forçada a admitir… Ah, velhos tempos.

Eu cresci escutando bandas como “É o Tchan” e “Olodum”, era o que minha mãe escutava e por conseqüência o que eu escutava também, tinha lá seus pontos positivos, mamãe me incentivou a escutar Mamonas Assassinas por exemplo.

Ainda bem nova me mudei para Bolívia, eu mantive meu mesmo gosto musical, pois, a única coisa que tinha para comparar eram as musicas Bolivianas que realmente não eram boas, imagine alguém tocando uma musiquinha de índio em uma flautinha esquisita, imaginou? Era isso ou a outra única coisa que eu conhecia: Axé e Pagode.

Três anos depois convencida de que a musica brasileira era a melhor musica do mundo (leve em consideração que a Boliviana é pior ainda) eu volto ao Brasil e escuto Link Park.

LK foi o primeiro passo para eu gostar das bandas que eu escutei hoje, até aquele dia em que escutei In the End pela primeira vez meu mundo se restringia a musicas ruins, eu acabava de conhecer a internet e o Kazar então passei um pouco do meu tempo procurando outras bandas que fossem parecidas com LK. A segunda banda boa que escutei foi Rammstein com mais um clássico: Du Hast. Dai em diante eu parei de escutar Axé e Pagode, descobri que havia musicas boas no mundo.

Eu parei de escutar a radio e comecei a gravar meus próprios CDs em uma época em que nos usávamos Disc Walkmans (porra, levei um tempo pra lembrar o nome dessa coisa e ainda não tenho certeza se acertei), aquele trambolho enorme bem diferente dos MP3 e Iphones de hoje em dia. Eu andava pra lá e pra cá sempre escutando as mesmas musicas, o mesmo CD porque era um saco ficar trocando de CD. (Hoje penso o quão tudo é mais fácil).

No entanto, eu não deixava de escutar a radio porque achava as musicas que tocavam necessariamente ruins, mas as que eu escutava no momento eram melhores. Hoje, eu não consigo ficar muito tempo escutando radio, não vou dizer que Restart, Cine ou qualquer outra banda esquisita toque mal, mas as letras de suas musicas simplesmente não me inspiram a ficar escutando, e, quando não são eles que estão tocando escutamos a mesma musica repetida como “Alejandro” (eu gosto de Lady Gaga, mas essa musica simplesmente me tira dos nervos) o que me faz pensar “ah, os velhos tempos…”

Eu sinto falta, quando meu Walk acabava a pilha eu ainda tinha a esperança de escutar um sambinha gostoso, quem sabe um Marcelo 2D, Cássia Eller, entre outras bandinhas, era diferente, eram musicas legais para se escutar, cuja letra não era repetitiva nem idiota.

 

Hoje só consigo pensar: Aonde estão as boas musicas brasileiras? A ultima vez que me lembro de ter escutado algo bom na radio, brasileiro, foi quando saiu “Nina do Condomínio” e olhe lá.

Ah.. velhos tempos… era tão tudo tão mais fácil, tão melhor …

Read Full Post »